Page 18 - Sinergia_53_PT
P. 18

EUROPA
18
MOTA‐ENGIL EXECUTA TRABALHOS
NO APROVEITAMENTO HIDROELÉTRICO DE GOUVÃES
A OBRA ENVOLVE VÁRIOS DEPARTAMENTOS DE ENGENHARIA
DA EMPRESA, MOSTRANDO UMA VEZ MAIS A CAPACIDADE DE EXECUÇÃO DO GRUPO PARA GRANDES PROJETOS.
O contrato celebrado com a Iberdrola, em consórcio constituído também pela Acciona e Edivisa, tem
o valor de 49.586.578 euros e um prazo de execução
de 40 meses.
A Mota‐Engil tem em curso
a obra do Túnel de Adução do Aproveitamento Hidroelétrico de Gouvães, que faz parte integrante de
um conjunto de infraestruturas do sistema eletroprodutor do Alto Tâmega, um dos maiores projetos hidroelétricos da Europa.
O contrato celebrado com a Iberdrola,
em consórcio constituído também
pela Acciona e Edivisa, tem o valor de 49.586.578 euros e um prazo de execução de 40 meses.
A empreitada inclui a execução dos elementos do circuito hidráulico como a Tomada de Água, o Poço das Comportas, o Túnel de Adução e a Chaminé de
Equilíbrio, bem como o Acesso C15, ligando a estrada EN‐206 ao coroamento da futura barragem de Gouvães.
A Mota‐Engil, como líder do
Consórcio (42,5%), tem também outros departamentos da empresa a trabalhar na obra, desenvolvendo trabalhos de engenharia especí ca, nomeadamente
a nível das Fundações Especiais (execução do sustimento de taludes, micro‐estacas e ancoragens), Geotecnia (sondagens
na Chaminé de Equilíbrio), Agregados (escavação do túnel de adução pelo método drill & blast), Eletromecânica (instalação elétrica, incluindo postos
de transformação) e Betões (instalação
de um centro de produção de betão,
com a capacidade de 80 m3/hora).
PORTUGAL


































































































   16   17   18   19   20