Page 54 - Sinergia_53_PT
P. 54

AFRICA
A AEnergia adjudicou à Mota‐Engil Angola, em Maio de 2017, a execução da empreitada de construção, que engloba todos os trabalhos e fornecimentos, à exceção do fornecimento de geradores.
A empreitada consiste na execução de uma central de 19,6 MW de potência instalada, com sete geradores de base diesel (7x2.8MW) e transformadores elevadores para 15KV, bem como todos os sistemas técnicos necessários, incluindo reserva, tratamento e distribuição de combustível, com depósitos verticais ( 2x 250 + 2x 400) m3 e sistema de depuração, controlo e automação (SCADA), abastecimento
de água e segurança contra incêndios.
A empreitada contempla ainda a construção de dois edifícios, o primeiro
englobando as instalações de gestão
e controlo da central, de natureza administrativa, e o segundo destinado à instalação de uma componente laboratorial.
O valor dos trabalhos e fornecimentos adjudicados à Mota‐Engil Angola contratualmente estabelecido à data da assinatura do contrato é de 12,9 milhões de dólares.
A central é um equipamento há muito aguardado pela população e administração locais, uma vez que o acesso à energia
é, atualmente, muito limitado, o que
faz com que essa questão constitua uma preocupação central da população
e das autoridades da cidade, assim como da própria província, a Lunda‐Sul.
Esta central, que se espera poder iniciar
o seu funcionamento regular no  nal do ano, contribuirá signi cativamente para
a redução dos problemas existentes uma vez que, além de um aumento importante da capacidade eléctrica instalada, permitirá uma melhoria acentuada da capacidade
de gestão do sistema elétrico por parte da Prodel e da ENDE.
Não é a primeira obra desta natureza que
a Mota‐Engil Angola realiza em Saurimo. Nos  nais de novembro a empresa deu por concluídos os trabalhos adjudicados pela AEnergia para a construção de uma Central Fast Power de 5 MW.
A empreitada é uma obra da
MEA – Electromecânica, que assegura a sua execução e gestão integral.
ANGOLA
CENTRAL
DE SAURIMO
MOTA‐ENGIL ANGOLA CONTRIBUI PARA O REFORÇO DA REDE ELÉTRICA EM LUNDA‐SUL.
54


































































































   52   53   54   55   56