Page 66 - Sinergia_53_PT
P. 66

AMERICA LATINA
MÉXICO
MOTA‐ENGIL CONCLUI OBRAS RODOVIÁRIAS
ANTES DO PRAZO
A MOTA‐ENGIL MÉXICO CONCLUIU OS TRABALHOS DE CONSTRUÇÃO NAS ESTRADAS CARDEL E TUXPAN UM ANO ANTES DO PRAZO PREVISTO.
MEXICO
O s trabalhos nas estradas Cardel – Poza Rica e
Tuxpan – Tampico tinham conclusão prevista para novembro
de 2018, mas graças à excelente coordenação das equipas que intervieram nos trabalhos, foi possível terminar as secções I e II das referidas estradas aproximadamente um ano antes do prazo estabelecido.
ANTÓNIO MOTA ACOMPANHOU A EVOLUÇÃO DA CONSTRUÇÃO O Presidente do Grupo Mota‐Engil, António Mota, acompanhado pelos
diretores da Mota‐Engil México, visitou a obra nos meses anteriores à conclusão dos últimos trabalhos para o ajuste da entrega das secções operacionais e deu a sua aprovação. Durante a visita, o diretor
de obra, Nuno Ferro, lembrou que
“a conclusão desta importante infraestrutura rodoviária é o resultado de uma excelente coordenação e pro ssionalismo, combinado com um trabalho de equipa dedicado; só assim se alcançou a conclusão antecipada de uma das estradas mais importantes
do Estado de Veracruz ".
OS DESAFIOS DOS PROJETOS RODOVIÁRIOS
A estrada Cardel – Poza Rica apresenta uma faixa de rodagem com quatro vias de trânsito, sendo duas em cada sentido, ao longo de 138 quilómetros.
Esta dimensão exige uma grande complexidade de trabalhos que, neste caso, incluiu 109 estruturas, entre pontes e viadutos, bem como 334 obras de drenagem transversal, o que implicou um grande esforço logístico para
a coordenação entre as diferentes áreas envolvidas nesta infraestrutura. A extensão desta seção de estrada permite a ligação rodoviária com outras cidades de Veracruz.
Por sua vez, a estrada Tuxpan‐Tampico tem uma extensão de 100 quilómetros, divididos em três troços, sendo que a sua longitude exigiu 72 estruturas diversas e complexas – como pontes e viadutos – além de 250 obras de drenagem.
Um dos principais desa os na construção destas estradas foi a questão do relevo montanhoso do terreno de Veracruz. Também preocupada com o meio ambiente, a Mota‐Engil assumiu
o compromisso de realizar várias avaliações de impacto ecológico, com o objetivo de proteger a riqueza natural do Estado em todos os momentos.
Outro desa o enfrentado foi a existência de fortes chuvas na região, um facto
que foi superado com êxito graças
à competência técnica da equipa de pro ssionais da Mota‐Engil México.
66


































































































   64   65   66   67   68