Page 8 - Sinergia_53_PT
P. 8

08
INSTITUCIONAL
INSTITUCIONAL
RESULTADOS
ANUAIS DE 2017
FORTE DESEMPENHO OPERACIONAL E CARTEIRA
DE ENCOMENDAS SUPERIOR A 5 MIL MILHÕES DE EUROS PERSPETIVAM O OBJETIVO DE CRESCIMENTO SUSTENTÁVEL NAS VÁRIAS ÁREAS DE NEGÓCIO.
A Mota‐Engil concretizou
a angariação de um conjunto muito signi cativo de novos projetos, com preponderância em África, o que permitiu ao Grupo atingir, pela primeira vez
na sua história, uma Carteira de Encomendas superior
a 5 mil milhões de euros.
A
Mota‐Engil registou no último ano um crescimento do Volume de Negócios de 18%, atingindo
para 185 milhões de euros. Para estes resultados contribuíram decisivamente a subida das margens na Europa
(13% para 17%) e América Latina
(6% para 11%).
O Resultado Líquido atribuível ao Grupo foi de dois milhões de euros, in uenciado pela aplicação da
regra contabilística IAS 29 aplicada
a operações em mercados com hiperin ação, como é o caso de Angola, o que provocou um efeito negativo
de 12 milhões no Resultado Anual.
Quanto à atividade comercial, e em linha com o crescente dinamismo das economias onde o Grupo marca presença, a empresa concretizou
a angariação de um conjunto muito signi cativo de novos projetos, com preponderância em África (que detém 51% do total da carteira), o que permitiu ao Grupo atingir, pela primeira vez
na sua história, uma Carteira de
2.597 milhões de euros, com um crescimento de 22% e 32% face ao ano anterior nas regiões de África e da América Latina, respetivamente. As vendas na América Latina foram de 960 milhões
de euros, tornando‐se pela primeira vez
a região com maior contributo para a faturação do Grupo. Em África, o volume de negócios foi de 860 milhões de euros, tendo a Europa registado um valor
de 826 milhões de euros.
Relativamente aos resultados operacionais da empresa antes de impostos, depreciações e amortizações, o Grupo aumentou o EBITDA em 19% para 403 milhões de euros, aumentando a margem para 16%, mantendo‐se
assim como uma empresa com
elevado desempenho entre os seus
peers europeus do setor, mais do que duplicando o EBIT do Grupo, de 81


































































































   6   7   8   9   10